Quais os 10 Sintomas mais comuns de Sinusite

Leia este artigo até o final e aprenda Quais os 10 Sintomas mais comuns de Sinusite, saiba tudo sobre esse mau que ataca muita gente.

Se você tem dúvidas se realmente está com sinusite, neste artigo vamos trazer os principais sintomas para tirar todas as suas dúvidas.

A sinusite é uma inflamação da mucosa dos seios da face. 

Portanto, é comum o paciente sentir dor na face, secreção nasal e dor de cabeça, porém, os sintomas podem variar de acordo com o grau da doença e com a sensibilidade de cada pessoa.

O que é sinusite?

Sinusite

A sinusite é uma inflamação dos seios nasais, localizados ao redor do nariz e dos olhos. 

Essa doença pode provocar certos desconfortos, como: dor de cabeça, corrimento nasal e sensação de rosto inchado ou pesado.

Geralmente, a sinusite é provocada pelo vírus Influenza, por isso, é muito comum surgirem os sintomas durante crises de gripe.

Porém, a sinusite também pode surgir devido ao desenvolvimento de bactérias nas secreções nasais.

Afinal, quais são os sintomas da sinusite?

  1. Dor no rosto, principalmente nos olhos e nariz;
  2. Dor de cabeça constante;
  3. Sensação de peso na cabeça, principalmente ao abaixar;
  4. Congestão nasal;
  5. Febre;
  6. Mau hálito;
  7. Secreção nasal nas cores amarelo e verde;
  8. Tosse;
  9. Sensação de ardência ao respirar;
  1. Perda do olfato.

Tipos de sinusite

A inflamação que provoca a sinusite pode ter diversas causas:

  •  Sinusite viral

Ocorre na grande maioria dos casos, devido a um resfriado simples, com sintomas de corrimento nasal, transparente ou amarelado, mas que também pode ficar esverdeado. 

Este tipo de sinusite provoca sintomas mais leves, quando há febre, não costuma ser alta.

Além disso, a sinusite viral pode estar relacionada a outros sintomas de virose, como dor na garganta, conjuntivite, espirros e nariz entupido.

  • Sinusite alérgica

Os sintomas de sinusite alérgica são parecidos com os de sinusite viral, porém, em algumas pessoas com crise de rinite alérgica, costumam causar espirros e alergias, com o frio intenso, ambiente seco e roupas guardadas por muito tempo.

  • Sinusite bacteriana

A sinusite causada por uma infecção bacteriana costuma ser suspeita quando há febre alta, forte dor no rosto e secreção pelo nariz e garganta, e persiste por mais de 10 dias. 

  • Sinusite fúngica

A sinusite fúngica costuma estar presente em casos de pessoas com sinusite persistente, que mesmo com tratamento não há melhora e os sintomas persistem por mais tempo. 

Muitas pessoas até vão a farmácia comprar misoprostol, mas quando indagam os farmaceuticos, os mesmos informam que o ideal é antes de qualquer atitude, procurar um médico.

E é exatamente isso que falaremos para você, procure sempre um especialista na área.

Como é o tratamento para sinusite?

O especialista irá indicar o melhor medicamento para o tratamento de maneira eficaz da sinusite.

Os tratamentos mais eficazes são:

  • Antibióticos, como Amoxicilina, Azitromicina ou Levofloxacina, são usados para casos de infecção bacteriana mais grave. É recomendado o uso desses medicamentos por 2 a 4 semanas, pois, a sinusite crônica, a infecção costuma durar mais tempo; 
  • Mucolíticos e descongestionantes, para diminuir a viscosidade das secreções;
  • Anti-inflamatórios ou corticoides, como Nimesulida, ajudam a diminuir a inflamação e o inchaço;
  • Antialérgicos, como Loratadina, são mais indicados para casos de sinusite em pessoas com alergia;
  • Corticoides nasais, como Budesonida e Fluticasona ajudam a eliminar a inflamação e a alergia nas vias respiratórias;
  • Lavagem nasal com soro fisiológico ou preparações de água e sal.
  • Nebulização com vapor de água ou soro fisiológico para tornar as secreções mais fluidificadas e eliminá-las facilmente.

Durante o tratamento da sinusite crônica, o indicado é que se faça um acompanhamento com um otorrino para analisar o que está causando essa inflamação. 

O diagnóstico da sinusite aguda pode ser feito por meio de uma avaliação clínica do especialista, e pode não precisar de exames.

Já no caso de sinusite crônica, podem ser necessários exames mais específicos como tomografia computadorizada da face, endoscopia nasal e coleta de amostras de secreções nasais para identificar o verdadeiro motivo que está causando essa inflamação e causando tanto desconforto.